7 dicas práticas para criar um processo interno de avaliação de corretores de imóveis

Uma empresa que busca a liderança no setor imobiliário tem entre as suas principais preocupações a montagem de uma equipe de corretores ágil, dinâmica, comprometida com resultados e, acima de tudo, extremamente competente. Nesse sentido, o processo de seleção de profissionais assume importância crucial. Saber identificar conhecimentos, habilidade e comportamentos dos candidatos exige mais do que experiência. É necessário dominar técnicas de entrevista e de avaliação, além de exercitar o poder de observação.

O corretor trabalha em uma área sensível, pois ajuda a concretizar sonhos. Não basta ser apenas um bom vendedor. Talento e técnica se unem para formar um profissional completo. É justamente essa visão holística que orienta o processo seletivo da equipe. Para ajudar o empresário do ramo imobiliário a montar um time vencedor, apresentamos sete dicas para orientá-lo durante o processo seletivo.

1- Análise de currículo

Este representa o primeiro filtro do processo seletivo. Fique atento à experiência profissional e aos resultados atingidos ao longo da carreira do candidato. Mas lembre-se de checar os dados. Consulte as referências apresentadas e antigos empregadores. Certifique-se de que as informações são verdadeiras. E mantenha sempre atualizado o seu banco de talentos.

2- Carteira de clientes

Corretores com experiência e carreira consolidada costumam apresentar a carteira de clientes como indicador de desempenho. Analise o perfil dos negócios fechados e identifique a compatibilidade com a faixa de mercado em que atua a sua empresa.

3- Entrevista

A conversa com o corretor permite a avaliação do seu grau de entendimento do negócio. Cultura geral, domínio de informações sobre o mercado, noções de economia e finanças, conhecimentos sobre Direito Imobiliário e base em questões relativas à arquitetura são alguns dos elementos que compõem o perfil ideal do profissional. Avalie cada um deles e use sua capacidade de observação para identificar quem pode fazer parte de seu time.

4- Testes

Em situações em que há um grande número de candidatos, a aplicação de testes específicos de conhecimentos pode ajudar a fazer a triagem para a fase de entrevistas. As provas devem abarcar o conjunto de conhecimentos necessários para a atuação do corretor de imóveis.

5- Acompanhamento da visita de campo

O responsável pela seleção acompanha o candidato em uma visita de campo. Ele tem condições de avaliar elementos como tipo de abordagem do corretor, pensamento criativo, habilidade em identificar o tipo de imóvel mais adequado ao perfil do cliente, comunicação persuasiva e a forma de condução da negociação. Não interfira e mantenha-se apenas como ouvinte

6- Cliente oculto

Algumas empresas do setor adotam em seu processo seletivo a figura do “cliente oculto”. Essa técnica apresenta duas vantagens em relação ao acompanhamento da visita de campo: tira o nervosismo do candidato, natural em todo teste de desempenho, e avalia sua atuação a partir da observação de um profissional. Geralmente, é um corretor experiente da equipe e que se passa por interessado em adquirir um apartamento ou casa. Ele tem a função de avaliar o candidato, sem que este saiba a real identidade da pessoa a quem vai apresentar as opções de imóveis.

7- Comportamento

Clientes que não fecharam negócio representam uma importante fonte de informações acerca do comportamento do corretor. Busque o feedback desse público e tente identificar as razões que o levaram a não alugar ou comprar o imóvel. Com as informações passadas pelo cliente, é possível descobrir se o comportamento do profissional teve alguma influência na decisão.

Automação

O processo de seleção de corretores de imóveis ganha maior agilidade com a adoção de sistemas inteligentes. Eles auxiliam o empresário no processo de recrutamento, seleção e treinamento de funcionários. O PQI é uma solução criada para atender às necessidades das empresas do ramo imobiliário. Ela permite não só a escolha dos melhores profissionais, mas também de preparação das equipes. Com o PQI, a organização obtém um quadro acerca de conhecimentos, habilidades e comportamentos de seus corretores.

Deseja obter mais informações sobre como fazer um processo de avaliação de corretores? Entre em contato conosco.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *